Me Abrace, estou tão sozinha.

Desculpe meu futuro amor. Eu ando meio baixo astral. Sei que não tenho culpa de todas essas despedidas mas sempre faço a mesma coisa. Desculpe, não estou muito sóbria. Esse doce acelera os meus pensamentos e as lágrimas se derretem por todo o meu colchão.

Eu queria ser um exemplo mas eu erro. Eu tento. Me perdoe. Eu sinto tanto! Sinto muito por estar aqui novamente. Sinto por mim mesma. Não tenho argumentos. Talvez o meu “eu” tenha desaparecido junto com o “eu”  dele do passado.

Kiritos e Asuna

Essas bebidas derramadas e todas essas roupas espalhadas;  minha série favorita está  rolando na TV mas eu não vejo. Continuo sentindo a falta dele e já faz tanto tempo. Eu te peço perdão meu amor do futuro, eu ainda o amo. Eu sinto aqueles braços. Eu estou sempre cansada, porém, nunca cheguei perto de me cansar daquele abraço, nunca me cansaria da proteção que havia naquele enlace, do alívio.

Mas no fim, o importante é que você carrega um pouco de mim e eu muito de você,  afinal, sempre deixamos um pouco de nós em quem abraçamos.

Como diz Chris Martin: “Nobody said it was easy, it’s such a shame for us to part. Nobody said it was easy, no one ever said it would so hard…. I’m going back to the start.”

Unique

Anúncios

4 comentários sobre “Me Abrace, estou tão sozinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s